Síndrome de superioridade

Josiscleydilson da Silva e Silva Junior cresceu normalmente, com o amor dos pais, exceto por uma síndrome de superioridade.
– Vá arrumar seu quarto.
– Não. Sou um rei e reis não precisam arrumar seus quartos.
– Ah é, mocinho? Se não arrumar seu quarto agora mesmo está de castigo por 1 semana, sem TV, computador e videogame.
– Joguem-na aos leões – disse ele para seus servos imaginários.
E esse foi um dos muitos dias em que Josiscleydilson Jr. dormiu com o bum-bum vermelho.
E, finalmente, seus pais deicidiram que ele precisaria ir ao psicólogo.
– É ele? – perguntou a recepcionista.
– Sim – disse Zivonilda Silva, a mãe.
– Como você é bonitinho…
– Bonitinho não. Sou o homem mais sexy do planeta. Eu sou lindo.
– Hum, pouquinho modesto você!?
– Cale-se, verme.

E na sala do doutor…

– Você pode se sentar naquela poltrona maior ou nessa infantil, colorida – disse o doutor.
– Prefiro ficar em pé.
– Qual o problema? – estranhou o doutor.
– Olhe aqui, velho, se pensa que vai definir parte do meu perfil psicológico observando minha escolha está totalmente enganado.
– Ok, como queira. Mas eu só queria avisar-lhe que se sentasse na poltrona colorida ganharia um doce…
– Não sou facilmente subornado, velho.
– E um álbum de fotos da Britney Spears.
– Estou disposto à fazer este sacrifício.
E sentou-se na poltrona colorida.
– Então… quer dizer que você se acha superior aos outros, é isso?
– Não.
– O que quis dizer?
– Eu não me acho superior. Eu sou superior.
– Entendo… então você se acha superior à mim?
– Suas pálpebras estão ficando pesadas…
– Ahn?
– Er… nada, nada.
– Continuando, você se acha superior à mim?
– Claro que não, Doutor.
O Doutor sorriu. Estava começando à se dar bem.
– O que você quer ser quando crescer, garoto?
– Psicólogo.
Os olhos do Doutor brilharam de alegria. Finalmente tinha orgulho do próprio trabalho.
– Psicólogo? Ora, ora, quem diria… o que lhe faz querer ser psicólogo?
– Estou cansado de ser rei. Agora quero sentir na pele como é ser um idiota.
Foi a gota d’água.
– Acabou. Agora, fique quieto e apenas me escute.
Ele caminhou em direção à janela. Era uma bela vista, um pôr-do-sol maravilhoso, visto de um apartamento à beira mar. Agora ele estava de costas para seu paciente, e ao mesmo tempo fitando o horizonte.
– Sabe, garoto… a vida não é como parece pra você. Existe um sistema. Esse sistema se chama hierarquia. Eu sou maior, mais velho, mais experiente, mais inteligente que você, por isso sou superior à você e exijo respeito. Entende o que digo?
– Só sei que sua esposa não vai gostar nada nada destas fotos que eu achei aqui nas gavetas da sua escrivaninha…
– FORAAAA!! FOOOOORAAAAAAAA!!!!

Anúncios

5 Respostas to “Síndrome de superioridade”

  1. Panda fofix Says:

    Hahaha coitadooo superioridade com esse nome? eu hein… vai pra puta que pariu

  2. Pyro Says:

    iohioehaeaaioauioe
    sei que essa não e a historia do roxius pq a moça falow que ele rea bonitinho 🙂
    http://evilpapagali.blogspot.com

  3. matheus/garfild Says:

    lol

  4. oi Says:

    This post has been removed by a blog administrator.

  5. Anonymous Says:

    rulez!

    http://www.monteiro.eti.br

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: