Boletim

Josiscleydilson Jr. precisava fazer alguma coisa. Seu boletim só tinha notas baixas, e pra piorar, ele brigava muito na escola.
Ele precisava, urgentemente, fazer algo. Mas não fez. Porque ele é vagabundo.
– Aê mano, tó esse bagulho aí meu
– Xô vê esse negócio aqui – disse a mãe ao receber o boletim – 3? 4 e meio? Isso é nota que se tire? DOIS!? Vai ficar de castigo até melhorar essas notas. Enquanto isso sem mega-drive e playtime.
– IH, KOÉ TIA, E QUANTO AOS DIREITOS HUMANOS E DA CRIANÇA, MANO!?

E essa foi uma das várias vezes em que J.J. foi dormir com o bumbum vermelho.

– Josiscleydilson, já estudou?
– Xiu aê
– COMO É QUE É?
– Tô estudando
– Ah… e tá estudando o quê?
– eita que mulé boa mano…
– Quê?
– AH, Boa, Boa, comida boa faz bem pra a saúde…
– Bem, em todo o caso, eu vou lá na 25 de março comprar uns presentes pros seus primos que fazem aniversário próxima semana. Vou deixar a chave na vizinha, então você vai ficar aqui preso. Juízo, hein!
– Pó dexá, velha.
– Como?
– Eu disse “traiz pra mim suco de groselha”
– Se tiver eu compro lá. – beija a bochecha – cuidado, viu, não abra pra ninguém não!
Ela sai. Josiscleydilson Jr. pega o telefone e disca.
– Aí Dilsinho, tá liberado aê mano, a véia já foi simbora
– Ae mano beleza mano
– Trais logo a chave ae mano
– Beleza mano
Dilsinho chega na casa de J.J. Abre o portão da casa depois de 30 minutos de tentativas e trocas de chave.
– Aê mano da próxima veiz se cê demorá eu te dô uns crock mano
– Aê Josis, pó dexá mano
Além dele, todos os seus amigos o achavam superior. Claro, a maioria deles tinha 3 anos a menos que ele. Dilsinho era o mais velho, tinha 2 anos de diferença – 9. Já J.J. tem 11.
Vão até a esquina e usam o único orelhão – fazem malabarismos pra subir um em cima d outro e poder apertar as teclas.
– Alô aê mano – fala J.J. ao telefone
– Alô, quem é? – fala a voz do outro lado da linha
– Eaê mano
– Quem é?
– Aê mano beleza?
– Quem é??
– Aê mano tem um carro de gelo aí na frente mano
– Você quer saber se tem um carro de gelo na frente da minha casa… peraê, cê tá me achando com cara de palhaço?
– Aê mano intão é porque ele já derreteu aê
Desliga. Os dois caem na risada. Pelo menos pra eles é engraçado.
Discam um novo número.
– Alô aê mano
– Alôa?
– Eaê mano beleza
– Aloa, quem éa?
– Aê mano aqui é o Mário mano
– Quem éa? Ah, Mário? Quer que eu chame ele, éa? MáriÔÔ!!
J.J. desliga. Essa não colou.
Subitamente, chega a polícia.
Que que ceis tão fazendo aí?
– Aê mano eu tô ligano pa a minha avó mano… alô vô, tá tudo bem sim mano
– Que palhaçada é essa? Os dois pro camburão. Vamovamovamo
Os dois vão pra a delegacia. Lá, os policiais chamam a mãe de Josiscleydilson.
– MEU FILHO!!! O que você fez meu filho!? Tava passando trote, era?
– Nem aê véia
A mãe de Josiscleydilson levanta a mão, mas depois baixa. Os policiais estão olhando, melhor não bater.
– Aê, Sra., por nóis tá limpo, pó batê – diz um dos policiais.
– Ai mãe, num fiz nada aê mano
– O pessoal tava falando que quem passava trote tinha um sotaque estranho – diz o policial.
– AÊ MANO QUEM TEM SOTAQUE ESTRANHO AÊ É VOCÊ AÍ MANO
O policial não fala nada, só a mãe. Depois de um longo sermão…
– Aê puliça, chega mais aê mano
– ?
– Mais perto aê mano
– ??
– Tem como c me liberá aí mano tô com 1 reau aqui p’ocê, depois te pago uma coxinha

E essa foi mais uma das vezes que J.J. foi dormir no hospital.

Anúncios

Uma resposta to “Boletim”

  1. Matheus Says:

    AÊ MANO ISSO AÊ AÍ FICO MUITO ROX AÊ MANO

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: